17 de nov de 2014

TÁ BUMBANDO!

Oieeeee...
Já sabem, né? Tô com um projeto novo (se quiserem conhecer melhor, cliquem: É O BUMBA MEU BONG, MINHA GENTE!)


Então hoje vou deixar mais três vídeos que fizemos.
Telegrama


Canto de Ossanha


Amor I love you

Apreciem e inscrevam-se em nosso canal no youtube
Temos também nossa página do facebook. Só clicar aqui e dar aquela curtida. :)

E finalizo apresentando a galera do BumbaMeuBong pra vcs: Fabrício Guimarães, Joicy Sorcière e Rodrigo Freire


 Beijinhos!
Câmbio, desligo!!! :*

30 de out de 2014

É O BUMBA MEU BONG, MINHA GENTE!

Oi, pessoal! Quanto tempo!
Bem, voltei pra dizer que estou encarando uma nova fase. Continuo lecionando(pois é o que gosto e escolhi como profissão!), mas agora resolvi acrescentar algo mais. Estou com um novo projeto, entrando de cabeça em "outro algo" que sempre gostei de fazer que é cantar. 
Meu "primoamigoconcunhado" Rodrigo e eu resolvemos nos juntar e criar um grupo musical chamado BumbaMeuBong... contamos com a colaboração do percussionista Fabrício, que é também um grande amigo(mora do lado esquerdo do peito). Somos uma banda de Goiânia e estamos abertos a convites para apresentações em bares, festas residenciais ou comerciais, eventos públicos e afins. Qualquer contato, é só entrar em nossa página do facebook clicando aqui. Então, deixo pra vocês um pouquinho de nós. Que fique claro... o vídeo abaixo é só um ensaio. :D rsrsrs


Apreciem e inscrevam-se em nosso canal no youtube
Temos também nossa página do facebook. Só clicar aqui. :)
Beijinhos...
Câmbio, desligo!

16 de out de 2014

Debate ou ataque?

Realmente, essas eleições precisam passar logo! A coisa está cada dia mais feia nas redes sociais. Ontem, perambulando pelo face, vi cada "ataque" em comentários de algumas postagens me deixaram de cabelo em pé! Sinceramente acho uma falta de respeito sem tamanho, por exemplo, definir como "decentes" apenas as pessoas que possuem voto igual ao seu(pois li isso num comentário... e esse é apenas um exemplo do que tenho lido por aí... já li ataques do tipo: "são burros, ignorantes, retardados, pobres, arrogantes, nojentos, babacas..." e por aí vai). 
É como meu querido cunhado bem disse, o fato de alguém votar no candidato X não tornará o eleitor mais decente que quem vota em Y. Isso é questão de ideal(ou a falta de)... é questão de acreditar em X ou em Y. Eu por exemplo, acho uma super ingenuidade quem acredita nesse sistema eleitoral, que pra mim não passa de uma farsa, independente de quem vença, mas nem por isso tenho o direito de sair ofendendo diretamente quem acredita nessa democracia representativa. Temos sim todo o direito de expor o que pensamos... As pessoas possuem opiniões diferentes e o debate pode ou não fazer com q os participantes da conversa mudem de ideia. Porém, o que tenho visto nas redes sociais, em algumas discussões nos comentários, é uma imposição ultrajante. Acho válido colocar as opiniões, os argumentos e entrar em um debate sim, caso haja oportunidade, porém, algumas pessoas, no calor das emoções, tem se esquecido de uma questão que deve ser levada em conta, O DEBATE DEVE SER DE IDEIAS E NÃO ATAQUE ÀS PESSOAS. ‪#‎sóacho‬.

(Ao final deste texto eu refleti e no fundo eu gostaria que esse período de eleições passasse e as pessoas permanecessem preocupadas com o Brasil... mas... não... pera... mas as pessoas(ok... não vou generalizar! Algumas pessoas... muitas...) não estão preocupadas com o país. Estão preocupadas apenas em atacar X ou Y e dizer qual é o "menos ruim"!). Como falei em outro momento, no facebook, as eleições nos mostram o seguinte: que a grande maioria dos brasileiros só são cidadãos "preocupados" com o seu país durante o período eleitoral! Quando acabar, tudo voltará ao normal. Afinal, já desempenharam seu "importante" papel lá naquela urninha, clicando nas tais teclinhas que validam o votinho. 
Ps. por favor, aos que se sentirem ofendidos, sem mimimi... interpretação de texto é fundamental. Não estou me referindo ao que as pessoas devem ou não postar em seu facebook (apesar de tbem ver muitos ataques desnecessários por aí. Mas, cada um faz o que quer de timeline). Estou me referindo aos comentários que surgem em determinadas postagens e a forma como as pessoas dão uma certeza absoluta de que sua verdade é a única verdade.

Beijinhos
Câmbio, desligo...

20 de jul de 2014

AO MESTRE... MEU CARINHO!

Rubem Alves faz parte não somente do meu lado educadora, mas da pessoa Joicy Sorcière. Quem o conhece(ainda não consigo escrever no passado...), sabe que ele não escreveu apenas livros para a educação, mas para a vida! Há alguns anos tive a oportunidade de vê-lo, ouvi-lo de pertinho num congresso e até mesmo conversar rapidamente com ele. Desde o dia em que soube de seu problema de saúde, meu coração ficou apertado... ontem, com sua morte, o sentimento de tristeza foi ainda maior. Sabemos que são coisas que fazem parte dessa nossa danada vida de simples mortais! Mas, saber de tudo isso não nos tira o direito de chorar por aqueles que admiramos.

Visitando o site Catraca Livre, encontrei o trecho de uma carta deixada pelo mestre e resolvi socializar aqui com vcs.

Esse é o jeito que Rubem Alves quis se despedir da vida.

“Sou grato pela minha vida. Não terei últimas palavras a dizer. As que tinha para dizer, disse durante a minha vida. Recebi Muito. Fui muito amado. Tive muitos amigos. Plantei árvores, fiz jardins. Construí fontes, escrevi livros. Tive filhos, viajei, experimentei a beleza, lutei pelos meus sonhos. Que mais pode um homem desejar? Procurei fazer aquilo que meu coração pedia.”

“Não tenho medo da morte, embora tenha medo do morrer. O morrer pode ser doloroso e humilhante, mas à morte, eis uma pergunta. Voltarei para o lugar onde estive sempre, antes de nascer, antes do Big Bang? Durante esses bilhões de anos, não sofri e não fiquei aflito para que o tempo passasse. Voltarei para lá até nascer de novo.” (CatracaLivre)
Como não se emocionar ao ler tão belas palavras?

Ele se foi ...mas, deixou muitas lindezas em formas de palavras e assim eternizou-se! Obrigada, mestre!

"Quem é rico em sonhos não envelhece nunca. Pode até ser que morra de repente. Mas morrerá em pleno voo..."

Estou super ausente da blogosfera, eu sei... mas não poderia deixar de registrar no Umas e outras algo sobre esse meu queridíssimo Rubem Alves.
Câmbio, desligo...

14 de fev de 2014

Será que funciona? #Parangolés, desabafos e afins...

Aí vc chega ao hospital às 12h50 para consultar com o "dotô"... a atendente deixa claro que vc é "encaixe" (quase com aquele ar de nojinho, deixando estampado de um lado a outro do hospital que sua espera será looooooooooonnnnnnnnnnga). Então, educadamente, vc abre um sorriso enorme(buscando toda a paciência que existe em seu ser) e diz "tudo bem". Ela fica meio sem graça e começa a lhe atender melhor.

Sua espera começa... e espera... espera... espera... navega na internet daqui... manda um WhatsApp dali. Depois de quase uma hora você recorre ao filminho que tem no celular(Santo aplicativo! Santa tecnologia!! Vc é dessas... já que não levou livro, a melhor escolha é o filme mesmo. A qualidade nem era tão boa, mas ficou satisfeita). Então o que vc escolhe??? "Minha mãe é uma peça". Porém, enquanto todo mundo está irritado ao seu redor, reclamando para aquela atendente que faz cara de nojinho, vc começa a gargalhar do filme. Gargalha tanto que começa a ter dores abdominais(principalmente pq gargalhar mais baixo, tendo que se controlar não é uma tarefa fácil). Então percebe que todos os olhares ao redor estão voltados para você. 

A atendente com cara de nojinho nesse momento está com cara de desespero, pois sempre encontra um paciente nada paciente(e como tinha gente impaciente naquele espaço). Ela resolve olhar a lista de espera e chega perto de todas que estão ao seu lado e começa a dizer a ordem em que as mesmas serão atendidas. E vc? Ah, vc está lá, rindo do filme, claro! Ela lhe cutuca e pergunta "Vc quer saber quantas faltam pra vc ser atendida?" Vc abre novamente aquele sorrisão no rosto, com a diferença que dessa vez tem uma lagriminha escorrendo pq está morrendo de "dar risada" da tal película e ainda educadamente diz: "Bem, com toda a sinceridade, prefiro não saber! Hoje eu resolvi não sofrer. Vim sabendo que vou esperar muito! Sou encaixe, lembra? Mas, de verdade, agradeço sua preocupação". Ela dá um sorriso amarelo e retorna pra seu local de trabalho. 

No entanto, toda espera por mais longa que seja, sempre tem um fim... e para sua felicidade, depois de assistir um filme completo e conversar com metade da galera que está na fila(ô povo carente é esse que fica na fila de espera) vc finalmente acaba sendo atendida às 16h10. Ao entrar no consultório, depois que o médico olha todos os exames e diz que está tudo bem com vc, ele pergunta "Já começou a tomar a fórmula que receitei pra TPM?" vc responde "Sim! Já". Ele retorna com outra pergunta "Está sentindo efeito positivo?". Vc mais que depressa, com aquele sorrisão, diz "Ô se estou! Super positivo!!".

Pois é... parece historinha inventada, mas não é! O que acabei de contar é uma história verídica da vida de Joicynha!!! Essa foi minha saga de hoje! Verdade verdadeira! Cheguei 17h20 em casa. Mas, estou viva... e bem... ;) e não estou estressada. E olha que ainda vou trabalhar amanhã, sábado, o dia todo! O.o Será que o remedinho é bom???

Ps. Nem vou escrever aqui que estou sumida e blablabla... Não tô sabendo muito me organizar com o blog, apesar de amar isso aqui demais! rsrsrs...

Beijinhos...

Câmbio, desligo!